Jonatas dos Santos Delforge

Jonatas dos Santos Delforge - Depoimentos

A minha história começa mais ou menos assim:
Tinha uma vida mais ou menos ativa, pois sempre andei de bicicleta mesmo sendo gordo, mas nunca tinha levado muito a sério o ciclismo, bebia demais, comia demais, fumava mais ainda e várias outras coisas que só me atrapalhavam.Cheguei a pesar 96 kilos no auge do peso, isso para uma pessoa que só tem 1,73 de altura é coisa demais. Quando terminei a faculdade e me deparei com aquele monstro que eu tinha me transformado eu me assustei.
Toda a mudança começou quando fui fazer uma trilha com o pessoal, e tomei um “coro” do meu pai (um homem de 45 anos), me senti humilhado com a situação. Como que um jovem de 23 anos toma um “coro” de um “coroa” de 45 anos.
No mesmo dia eu decidi parar de fumar, e assim começou a luta pela melhora da forma física.
Comecei na loucura mesmo com aquelas dietas ridículas que achamos na Internet, fiz todas as dietas que pensar, tomei todos os terrmogenicos que eram ditados como os melhores do mercado. Tomei lipo 6 black, tomei oxyElite e assim por diante. Emagreci uns 5 kilos sem saúde nenhuma, ficava tonto toda vez que ia treinar e achava aquilo meio estranho, mas chegou um ponto em que eu não conseguia mais emagrecer, mesmo treinando muito, nesta época o ciclismo já era um ponto muito importante em minha vida.
Então um grande amigo meu que na época era só um conhecido, me disse que sua esposa era nutricionista. Não botava fé nessa ladainha de nutricionista não, tanto que fui só porque ele me fez um desconto.
De cara me deparei com a Dr. Cristiane Coronel, uma grande pessoa que tenho uma admiração sem fim. Contei minha história, meus hábitos alimentares e então ela montou minha dieta. Sou muito dedicado com as coisas que faço, então, fiz tudo certinho. Por incrível que parece eu emagreci tanto, que ate mesmo a Cris ficou impressionada. E com isso eu continuei dedicando minha vida ao ciclismo e a uma alimentação saudável.
Hoje peso 70 kilos, tenho 8% de gordura no meu corpo. E tudo isso agradeço demais a Cris, que além de minha nutricionista, hoje e uma grande amiga!
Uma coisa é certa, “quem quer algo consegue, mas quem não quer, inventa uma desculpa”.